Notícias

23 de janeiro de 2018

Commodities: entenda os atributos dessas representativas mercadorias

Commodities são mercadorias muito representativas no mercado financeiro mundialPara todo investidor, quanto maior o seu conhecimento acerca dos mais variados segmentos de atuação das empresas que são listadas na bolsa de valores, certamente melhores serão os seus resultados no longo prazo e, neste sentido, entender o que são as commodities é fundamental.
Apesar de existem uma grande variedade de setores, o de commodities é, sem dúvida, um dos mais representativos, muito por conta de ser, também, uma das áreas de operação mais tradicionais no mercado de capitais.
Commodities – o que são?Originário do idioma inglês, a palavra Commodity, em sua tradução literal, pode ser entendida como qualquer tipo de “mercadoria”.
Contudo, com o passar do tempo, o seu uso passou a ser muito associado à ideia de transação de produtos normalmente usados como matérias-primas para outras indústrias.
Em outras palavras, é muito comum, ao se ouvir falar em Commodities, que os investidores, num primeiro momento, tendam a pensar em um segmento industrial que negocia produtos de características e qualidades bastante similares, ou seja, que não são diferenciados de acordo com quem os produziu ou de sua origem, sendo o seu preço, dessa forma, normalmente estabelecido de maneira igualitária e determinado através da lei da oferta e procura, geralmente através do mercado internacional.
Vale destacar, ainda, que os produtos que recebem esse tipo de denominação são, normalmente, cultivados ou também de extração mineral e, dessa forma, possuem a característica de poderem ser estocados e/ou armazenados por determinado período sem que se observe uma perda significativa de qualidade, dependendo de sua conservação.
As Commodities possuem, ainda, as suas respectivas cotações e negociabilidades globais demarcadas por bolsas de valores e de mercadorias.
Exemplos de CommoditiesEsses tipos de mercadorias, por apresentarem uma grande variedade de acordo com suas qualidades e características, comumente são subdividas em grupos, de acordo com suas peculiaridades particulares.
Normalmente, os tipos mais comuns de Commodities são:
Moedas: Bitcoin, Euro, Dólar, Real, Iene;Recursos energéticos: Energia Elétrica, Petróleo, Carvão;Minérios: prata, ouro, minério de ferro;Agrícola: Açúcar, Milho, Trigo, Café, Soja;Existe, ainda, tipos de Commodities pouco mencionadas no mercado, mas que também não deixam de terem as suas respectivas importâncias na economia mundial, como por exemplo o setor químico (Ex.: ácido sulfúrico, sulfato de sódio) e o Ambiental (Ex.: água, créditos de carbono).
ConsideraçõesNão poderia deixar de ser mencionado, ainda, que o que faz esses tipos de produtos serem tão representativos na economia do planeta é que eles possuem suas respectivas cotações no âmbito global, além terem suas transações efetuadas também em ordem mundial.
Assim sendo, as oscilações nas cotações destes produtos normalmente apresentam impacto significativo nos mercados financeiros de vários países, haja vista que muitas nações transacionam entre si os produtos dos quais conseguem fabricar com maior representatividade – vendendo-os no mercado internacional – e comprando aqueles que não os quais não possui capacidade de produzir em escala que atenda a sua demanda interna.
Isto posto, não é possível perceber que um desequilíbrio da oferta e demanda de qualquer que seja a Commodity possui a capacidade de causar consideráveis perdas a agentes econômicos e até mesmo a países inteiros.
ConclusãoÉ possível entender, diante do que foi abordado, que o mercado de Commodities, apesar de todos os avanços recentes da indústria de tecnologia e suas derivadas, ainda apresenta um patamar de bastante importância na economia global, contribuindo de maneira significativa para o aumento e manutenção, inclusive, do Produto Interno Bruto (PIB) de vários países ao redor do mundo.
Fonte: https://www.sunoresearch.com.br/artigos/commodities/
Veja outras imagens Clique nas imagens abaixo para visualiza-las em tamanho maior